Fernando Meirelles ”Estou acostumado a tomar porrada”

Fonte uol cinema

Muita gente e Críticos em geral não vê a dificuldade que um Diretor Brasileiro sofre para fazer um bom filme em Hollywood essa entrevista exclusiva que o Diretor brasileiro Fernando Meireles deu ao site uol cinema ele fala um pouco de sua carreira e do filme ” 360” que e lançado no cinema Brasileiros hoje

Meirelles falou sobre as suas expectativas em relação ao novo longa, “360”, que estreia nesta sexta-feira (17) no Brasil, e relembrou um pouco da carreira, com espaço até para um episódio em que quase apanhou dos punks paulistanos durante uma projeção no Masp. O diretor comentou ainda sobre alguns de seus filmes favoritos e a produção atual de cinema no Brasil, além de indagar qual seria afinal a fórmula secreta para atrair o público para assistir aos filmes produzidos no país.

Confira a íntegra da conversa a seguir:

UOL – Você tem muitas expectativas com o lançamento de “360” nos EUA?  Na coletiva você disse que esperava um público de 300 mil pessoas. Parece que o filme teve uma arrecadação de US$ 26 mil na estreia por lá, como você recebeu isso?

Fernando Meirelles – Essa é minha expectativa de público no Brasil. Nos EUA eu não tenho a mínima idéia, ainda não falei com os distribuidores de lá. Eles lançaram nesse esquema de VOD (video on demand) primeiro, antes de lançar em cinema. Pelo que eu entendi conversando com os caras, é mais uma estratégia de marketing do que uma vontade de faturar mesmo. Eu acho muito caro: você paga US$ 16 ou US$ 18 para assistir um filme na sua casa. Isso agora, depois que vai para a televisão o preço cai. Mas eles usam um período de um mês para ver se gera um boca-a-boca. Estou muito curioso para ver o resultado, nem sabia disso, você já está me antecipando. Mas quero ver como vai ficar em um mês, o filme estreou na última sexta (10) nos EUA. Preciso saber se esse negócio é um esquema viável, que a gente possa replicar no Brasil. Mas realmente não tenho nenhum parâmetro para saber qual era o faturamento desejado, a expectativa. O filme está em 40 salas. Eu não fui para os EUA divulgar o filme. Até deveria ir para Nova York, mas pedi para não ir. Nem conheço pessoalmente os distribuidores de lá.

VEJA TRAILER LEGENDADO DE “360”

A trama tem início com uma garota de programa eslovaca, Mirka (Lucia Siposova), que adota o nome de Blanka e rapidamente se torna um sucesso usando uma rede que posta fotos de mulheres na internet. Um empresário inglês de passagem, Michael (Jude Law), sente-se tentado a também experimentar seus serviços, mas há obstáculos.

Em Londres, a mulher de Michael, Rose (Rachel Weisz), vive outro dilema pela infidelidade, ao tentar romper um caso com o fotógrafo brasileiro Rui (Juliano Cazarré). E ele, pela traição, está sendo abandonado pela namorada Laura (Maria Flor).

Queria te perguntar sobre o seu começo. O que te levou a fazer cinema? Você tem uma formação em arquitetura não é?

Sim, sou arquiteto. Meu interesse começou no desenho. De desenho passei para desenho animado, e depois vídeo. Daí para televisão, e depois publicidade, e daí para cinema. Daqui não sei para onde vou.

Queria saber como foi a experiência de rodar o curta “Garotos do Subúrbio” em 1983, sobre o começo do punk rock em São Paulo.

Aquilo foi a primeira coisa de fôlego que fiz na vida, tinha 40 minutos. Só tinha feito clipes, coisas pequenas, matérias para a TV, essa foi a primeira vez em que decido fazer um documentário. Foi feito em vídeo, mas considero meu primeiro filme. Acho interessante, uma mistura de músicas. Os punks não gostaram, os garotos entrevistados não curtiram nem um pouco. Eu coloquei coisas como Caetano Veloso na trilha, Luis Melodia, e quando eles viram aquilo queriam me matar, literalmente. O Clemente, do Inocentes, nunca apresentação que fiz no Masp queria me bater, teve que ser segurado. Entrou Caetano Veloso na trilha e eles gritavam: “Burguesinho!” (risos). Mas eu acho que estou acostumado a tomar porrada, desde o começo.

 by Nayla emanuele

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s