CASO KRISTEN STEWART E A MENTALIDADE MACHISTA EM PLENO SÉCULO 21

De Nayla emanuele

E ridículo e absurdo como em pleno seculo 21 o machismo ainda exista tao forte na cabeças dos homens e por incrível que pareça na cabeça das mulheres  Todos estão com essa opinião de que só a kristen e a errada

Pra começar e problema dela quem ela leva pra cama,  quando a kristen traiu o robert eu fiquei revoltada ai eu pensei como eu sou ridícula o que eu tenho a ver com a vida dela, ela e famosa linda e não esta nem ai pra minha opinião e a de ninguém por favor se for pra criticar a kristen pensem como eu duas trés vezes por que ela não esta nem ai abaixo uma nota da Fox DEFENDENDO A KRISTEN

Nas passadas duas semanas, os tablóides têm crucificado a atriz Kristen Stewart, estrela da franquia de sucesso Crepúsculo, por beijar o diretor de Branca de Neve e o Caçador, Rupert Sanders.

Stewart estava em uma relação com sua co-estrela em Crepúsculo, Robert Pattinson, e os fãs da série ficaram devastados com essa revelação.

Enquanto a notícia de sua indiscrição poderia ter sido uma legítima história de um dia para a imprensa de Hollywood quando isso aconteceu pela primeira vez, certamente não se encaixa no projeto de lei como um “assunto de preocupação pública”, que merece ampla cobertura.

A imprensa não só continua repetindo o erro de Stewart tornando quase impossível para ela reparar o que ela fez,  está provavelmente colocando uma pressão adicional no casamento de Sanders e continua envergonhando sua esposa.

Também está tornando mais difícil para o namorado de Stewart  tê-la de volta sem sentir a humilhação contínua – se, no fundo, ele gostaria de lhe dar uma segunda chance.

Além de ser presumivelmente retratada como uma implacável destruidora de lares – denominação associada ao sexo masculino – o extenso relato foi completamente desequilibrado, porque coloca toda a culpa em Stewart e nenhuma em Sanders.

Mesmo Stewart expressou surpresa que Sanders foi dado essencialmente como “bem-vindo ao hall da fama” pela imprensa.

Surgiram relatos na quinta-feira de que Stewart disse privadamente a pessoas que ela está chateada que a imprensa não tenha pelo menos apontado que Sanders estava “em uma posição de poder sobre ela”, já que ele era seu diretor e, presumivelmente, alguém com que ela poderia trabalhar novamente.

Há uma razão muito específica de Stewart estar tomando todo o calor, no entanto, e é porque o tablóide jornalístico tem uma fórmula de quase sempre culpar “a outra mulher” sempre que uma celebridade do sexo masculino tem um caso ou comete um ato de traição.

Os tablóides fizeram os seus próprios estudos baseados na venda de cada semana, que revelam que a maioria dos leiores de fofocas são de meia idade, mulheres casadas, que preferem ler histórias que culpam a outra mulher ao invés do traidor casado. Isso porque esses mesmos leitores são viciados em histórias que têm como alvo os seus medos – e a ideia de uma mulher mais jovem chegar e roubar o seu próprio marido um dia é algo grande. E depois de ler sobre como é horrível a vida de alguém, eles podem soltar um suspiro de alívio e dizer para si mesmos: “Bem, pelo menos o meu casamento não é tão ruim assim!”

Na história Stewart/Sanders, alguns dos principais veículos adotaram a fórmula do tablóide e culparam a atriz por tudo.

Uma legenda recente sobre uma história do AOL News literalmente culpou Stewart por “romper um casamento”, enquanto o The Huffington Post entrevistou os chamados “especialistas” que disseram que na verdade ela – segure essa – cometeu um erro “estúpido” pedindo desculpas publicamente por sua indiscrição, cometendo assim “suicídio profissional”.

Pelo menos Stewart está tentando assumir a responsabilidade pelo que fez, o que é mais do que este repórter pode dizer para a maioria das pessoas, celebridades ou não.

A perseguição dos tablóides a Stewart sem dúvidas irá deixar essa marca na jovem estrela, como os tablóides fizeram tantas outras vezes a outras figuras públicas no passado.

A perseguição dos tablóides faz mais do que destruir relacionamentos pessoais e quebrar os espíritos de suas vítimas. No final, deixa a pessoa humilhada e com um sentimento de impotência apesar de tudo que eles alcançaram com o estrelato. Diminui os seus talentos legítimos e realizações positivas a nada, enfatizando um único erro que a pessoa cometeu ao longo de sua vida.

Como disse Humphrey Bogart em 1951 no clássico, “Deadline U.S.A.”, “Essa é a imprensa, baby. A imprensa! E não há nada que você possa fazer a respeito. Nada!”.

Com o lançamento próximo de Amanhecer – Parte 2, o muito aguardado capítulo final da série Crepúsculo, há uma pequena chance da imprensa deixar Stewart e Pattinson lidar com esse problema por conta própria.

De acordo com a primeira emenda, a vida amorosa de Kristen Stewart pode ser um jogo justo, mas há algo mais que os jornalistas devem considerar quando eles brincam com a vida de um ser humano, e isso é compaixão e jogo limpo. A cobertura continua dessa história pode realmente estar mudando o resultado da vida dessas pessoas e tornando isso pior quando poderia haver uma chance de todos eles ultrapassarem esse incidente.

Jornalistas de tablóides estão apontando o dedo para uma mulher de 22 anos por um erro, deveriam lembrar que um beijo é só um beijo, e apesar disso, pedras e gravetos podem quebrar ossos, palavras… e causar danos permanentes.

Fonte: Foxnews

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s