Tom Cruise e Emily Blunt em foto da ficção científica All You Need Is Kill

Dirigido por Doug Liman, ‘All You Need Is Kill‘ é o primeiro filme a ser rodado no recém-batizado Warner Bros. Studios Leavesden.

A história se desenrola em um futuro próximo, quando o grupo alienígena Mimics atinge a Terra com um implacável ataque, deixando grandes cidades em escombros e milhões de vítimas humanas em seu rastro. Nenhum exército no mundo se iguala à velocidade, brutalidade ou presciência dos guerreiros armados Mimic ou de seus comandantes telepáticos. Mas agora os exércitos do mundo uniram forças para uma última posição ofensiva contra a horda alienígena, sem segundas chances.

O tenente-coronel Bill Cage (Cruise) é um oficial que nunca viu um dia de combate quando é descaradamente rebaixado e depois escalado – destreinado e mal equipado – para o que equivale a pouco mais do que uma missão suicida. Cage é morto em alguns minutos, tentando levar um Alpha com ele. Mas, incrivelmente, ele desperta e volta ao início do mesmo dia infernal, e é forçado a lutar e morrer de novo… e de novo. O contato físico direto com o alienígena o jogou em um túnel do tempo, condenando-o a viver o mesmo combate brutal sem parar.

Mas a cada passagem, Cage se torna mais resistente, mais inteligente e capaz de envolver os Mimics com uma habilidade cada vez maior, ao lado da guerreira das Forças Especiais Rita Vrataski (Blunt), que destruiu mais Mimics do que qualquer pessoa na Terra. Assim que Cage e Rita assumem a luta contra os alienígenas, cada batalha repetida se torna uma oportunidade de encontrar a chave para aniquilar os invasores e salvar o planeta.

O indicado ao Oscar® Cruise (“Missão Impossível”, “Colateral”, “Jerry Maguire – A Grande Virada”) e Blunt (“O Diabo Veste Prada”, “Os Agentes do Destino”) lideram o elenco internacional que inclui também Bill Paxton (“Aliens, O Resgate”, “Big Love”, da HBO),Jonas Armstrong (série “Robin Hood” da BBC), Tony Way (“Game of Thrones” da HBO),Kick Gurry (“Tangle” da Australian TV), Franz Drameh (“Ataque ao Prédio”), Dragomir Mrsic (“Snabba Cash II”), e Charlotte Riley (“World Without End”).

Doug Liman (“A Identidade Bourne”, “Sr. & Sra. Smith”) dirige o filme a partir de um roteiro escrito por Dante Harper, Christopher McQuarrie e Joby Harold, baseado na aclamada obra All You Need Is Kill, de Hiroshi Sakurazaka.

Fonte Cine popImagem

Advertisements

Katie Holmes tinha que andar com seguranças dentro de casa

A separação de Tom Cruise e Katie Holmes foi o grande assunto na imprensa internacional no final de semana. O Sunday MIrror publicou, no domingo (1), algumas das razões pelas quais Katie teria decidido se separar do ator.
 
Seguranças em todas as portas: A presença de seguranças em todas as portas da casa seria um dos motivos para o divórcio. Segundo o Mirror, ela não tinha privacidade em nenhum local, já que até para andar de um cômodo para o outro, em sua própria casa, ela teria que ser escoltada por eles.
 
Sempre separados: De acordo com a publicação, Katie e Tom já não dividiam os mesmos lugares no apartamento de Los Angeles. Ela preferia ficar afastada do ator a maior parte do tempo.
 
Controle da carreira: Tom também estaria decidindo os papéis que Katie poderia ou não fazer nos filmes. Caso ele não concordasse com algo, ela não poderia assinar os contratos.
 
Troca de nome: Tom também teria deixado a ex-mulher chateada ao dizer que ela “deveria se chamar Kate, e não Katie”.
 
Criação de Suri e cientologia: Katie, segundo a publicação, julga Tom um fanático pela cientologia. Eles estariam discutindo o tempo todo, já que ela estaria querendo dar limites a Suri, enquanto o ator estaria exigindo que a filha fosse tratada como um “pequeno adulto”. Na cientologia, a criança pode tomar suas próprias decisões, afirma a reportagem.
 

Pais de katie estão aliviados com a separação

divórcio entre Tom Cruise e Katie Holmes ainda vai render muito nos tribunais. Segundo o TMZ, a atriz quer dar entrada nos papéis no estado de Nova York porque a Justiça aí costuma ser mais favorável à mãe do que na Califórnia. Por outro lado, Tom quer evitar que o processo corra em NY a qualquer custo porque os impostos aí são os mais altos dos EUA.

Ainda segundo o site, embora Tom Cruise esteja tentando evitar que Kate Holmes alegue que atualmente mora em Nova York, em agosto do ano passado, ele doou um apartamento na cidade para a mulher. A jogada, na época, teria sido apenas um ajuste tributário, mas agora pode complicar a vida do ator já que a atriz está usando justamente esse apartamento para estabalecer residência em Nova York e fazer com o que processo corra aí.

Pais de Kate ‘aliviados’ 
Polêmica financeira a parte, os pais de Kate Holmes estariam aliviados com a separação. Segundo o site “Radar Online”, Martin e Kathleen Holmes estão “tristes, mas aliviados” com o fim do casamento da filha. Segundo o site, os dois esperam ter de volta a filha “feliz e independente”, como era antes do casamento.

“Foi difícil para os dois assistirem, nesses anos, Katie ser controlada por Tom. Eles sentiram que estavam perdendo sua filha. Então, esse é o lado bom do divórcio: ter a velha Kate de volta, forte e independente, que tinha desaparecido depois do casamento”, disse uma fonte ao site.

Suri Cruise mostra a língua e leva bronca

 Suri Cruise, 6, foi valente com a mãe, Katie Holmes, 36, em passeio pelas ruas de Nova York na última terça-feira (24). Segurando duas bonecas, a caçula de Tom Cruise mostrou a língua para a mãe e depois ouviu uma bela bronca. Descontente com a atitude da filha, Katie Holmes fez cara feia durante todo o passeio

A ESTE POVO NAO ENTENDI A SURI, UMA CRIANÇINHA CHEIA DE ATITUDE